top of page

Como transformar seu projeto de reflorestamento em algo de valor para a empresa e para as pessoas



Sou responsável por vários projetos de reflorestamento. Ajudo empresas como Aché Laboratórios Farmacêuticos, Klabin e Enaex Britanite em seus projetos de compensação ambiental.


Com base nas minhas experiências, eu quero compartilhar com você duas estratégias para transformar qualquer projeto de reflorestamento em algo de valor para as empresas e para as pessoas. Primeiro, vou mostrar o que de fato é um projeto de reflorestamento e logo em seguida, vou apresentar duas estratégias para torná-lo algo a mais do que a realidade indica. Vamos nessa?


Seu projeto é um passivo


Em geral, as empresas fazem projetos de reflorestamento para compensar os impactos ambientais relacionados à supressão de vegetação. Nesse sentido, o reflorestamento é um passivo - uma dívida com a sociedade e com o Estado para a reparação do dano ambiental causado pela empresa.


Seu projeto é (muito) complexo


O reflorestamento é um projeto complexo e não é para amadores, pois envolve riscos e dura no mínimo 3 anos para fechar resultados, requerendo conhecimento especializado com grande gasto de tempo e de recursos. Não é simplesmente plantar árvores.


Sendo assim, quando um projeto desse tipo cai na mão do empresário ou do gestor ambiental da empresa, eles têm um abacaxi enorme para descascar durante muito tempo.


Certa vez ouvi de uma analista do órgão ambiental que “existem muito mais coisas para levar um projeto de reflorestamento a dar errado do que a dar certo”. Ou seja, há mais ameaças do que oportunidades. Cruz credo!


Talvez você seja uma pessoa bastante atarefada e com coisas importantes para lidar ao longo do dia na empresa. Mas você deve cumprir à risca o Termo de Compromisso de Reflorestamento assumido com órgão ambiental. Muitas obrigações e poucos direitos. Nossa!


Então, você deve seguir duas estratégias para lidar com a realidade e tirar proveitos dela. Vamos às estratégias?


  1. Deixe o projeto com quem tem tempo e expertise disponíveis para realizar todo o trabalho necessário. Afinal de contas, nenhum empresário ou gestor ambiental de empresa terá tempo suficiente para lidar com as obrigações assumidas no Termo de Compromisso de Reflorestamento. Você precisa contratar uma equipe especializada em gerenciamento de projetos de reflorestamento que faça tudo por você. Assuma apenas a supervisão dos resultados e deixe o operacional para quem tem tempo e expertise para fazer tudo rodar bem.


  1. Agregue valor ao passivo. Se estamos gastando dinheiro para pagar a dívida ambiental, então vamos pagá-la de forma a trazer outros ganhos para a empresa. E qual é a dica? Coloque atividades de educação ambiental dentro do seu projeto.

Envolva estudantes de escolas locais e engaje funcionários e seus familiares em ações do projeto, como plantio e rega de árvores, palestras, oficinas de produção de mudas etc. Tudo isso fortalece a imagem da empresa e transforma o projeto num poderoso instrumento de educação ambiental. Bacana, não é?


Exemplos disso são as empresas Suape e JEEP (FCA) aqui em Pernambuco. Ambas atrelam seus projetos de reflorestamento a programas de educação ambiental voltados para funcionários e comunidades do entorno.


Caso necessite realizar um projeto de reflorestamento de forma obrigatória ou voluntária e quer que ele agregue valor para a empresa e para as pessoas, você pode contar com a Souza Barros Consultoria em Sustentabilidade.


Nós colocamos à sua disposição uma equipe especializada em restauração florestal, liderada por um gerente de projetos certificado pelo PMI (Project Management Institute), capaz de gerenciar de forma profissional e com responsabilidade técnica todo o projeto. Além do mais, podemos desenvolver as ações de educação ambiental que agregam valores para a empresa e para as pessoas, a exemplo do que fazemos da JEEP (FCA) desde 2017.


Você pode conversar comigo e obter ajuda inicial de forma gratuita para seu projeto de reflorestamento. Imagine que você já pode ter em mãos o escopo de estratégias para tirar proveitos da compensação ambiental.


E aí, o que você achou dessas estratégias? Faz sentido para você?


Dê seu like, comenta e compartilhe! Faça um blogueiro feliz!


Com carinho,


Dr. André Barros


12 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo
bottom of page